Dicionário da Propaganda /
A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
ABA - Associação Brasileira de Anunciantes Associação civil sem fins lucrativos, com sedes em São Paulo, que reúne empresas anunciantes de todo o país.
ABAP - Associação Brasileira das Agências de Propaganda ABAP (Associação Brasileira das Agências de Propaganda): Associação civil sem fins lucrativos, com sede nacional em São Paulo, que reúne todas as agências de propagandas do Brasil. Fundação: 1º-8-1949.
ABEMD - Associação Brasileira de Marketing Direito Associação que reúne empresas e usuários do sistema de marketing.
ABERT - Associação Brasileira De Emissores De Rádio e TV Associação civil sem fins lucrativos, com sede nacional em Brasília, que reúne emissoras de rádio e TV. Fundação: 27-11-1962.
ABIPEME - Associação Brasileira dos Institutos de Pesquisas de Mercado Reúne parte das empresas do setor, estimulando o desenvolvimento da pesquisa de mercado no Brasil. Fundação: 9-12-1974.
ABORDAGEM DE MERCADO ALVO ÚNICO: É a escolha de segmento homogêneo com alvos da empresas. 
ABP - Associação Brasileira de Propaganda Entidade, com sede no Rio de Janeiro, que reúne empresas e profissionais da área de propaganda e é a mais antiga das associações brasileiras na área publicitária. 
AD HOC Trabalho feito sob encomenda, especialmente para um cliente. Termo geralmente utilizado na área de pesquisa.
ADVB - Associação dos Dirigentes de Vendas do Brasil Entidade que congrega profissionais da área de marketing e propaganda.
ADVERTISING Propaganda comercial, em inglês.
AEPAL - Associação Brasileira das Empresas de Propaganda ao Ar Livre Entidade que congrega as principais empresas que fazem propaganda ao ar livre, tais como painéis, luminosos, placas em prédios e ruas, outdoors e assemelhados.
AGÊNCIA 1. Empresa dedicada à arte e técnica da propaganda. 2. Empresa especializada em agenciar modelos e intérpretes.
ALL-TYPE Anúncio de jornal ou revista, outdoor ou qualquer outro tipo de material impresso apenas com frases escritas, sem nenhum tipo de ilustração.
ALTO-CONTRASTE Efeito empregado em fotografia (estática ou cinematográfica) para eliminar os meios-tons, deixando apenas os contornos em preto-e-branco ou nas cores dominantes.
Ampro Associação de Marketing Promocional
ANEP - Associação Nacional de Empresas de Pesquisa Entidade que congrega os principais institutos de pesquisa do país.
ANER - Associação Brasileira de Editores de Revistas Entidade que congrega as principais editoras de revistas do país.
Anúncio Peça publicitária em revista ou jornal. Também utilizado como sinônimo de qualquerpeça de propaganda.
ANÚNCIO COOPERADO Anúncio feito por mais de uma empresa, em conjunto, com os custos divididos entre elas. O exemplo mais comum está nos anúncios de lojas de varejo que destacam as marcas de determinados fabricantes.
Anúncio Cooperado Anúncio feito por mais de uma empresa, em conjunto, com os custosdivididos entre elas. O exemplo mais comum está nos anúncios de lojas de varejo que destacamas marcas de determinados fabricantes.
APP - Associação dos Profissionais de Propaganda Entidade, sediada em São Paulo, que reúne empresas e profissionais da área de propaganda. 
APPROACH Abordagem, em inglês. Termo utilizado para definir a linha de comunicação adotada ou o gancho criativo da peça de propaganda.
ÁREA DE INFLUÊNCIA Raio de ação de atração de um ponto de venda, medida potencialmente pelo tempo ou distância ideal de deslocamento do consumidor.
ÁREAS NIELSEN Sete áreas geográficas definidas pela empresa A.C. Nielsen, para realização de pesquisas de mercado de varejo brasileiro. Abrangem os estados litorâneos do Ceará ao Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Distrito Federal, Mato Grosso do Sul e Goiás, compreendendo cerca de 89% da população Brasileira. 
ARTE Qualquer ilustração utilizada para compor uma peça publicitária.
Arte Final Ilustração em sua forma definitiva, seja ela de desenhos, símbolos ou letras. Peça pronta para veiculação.
ATENDIMENTO 1. Área da agência (do veículo, produtora ou fornecedor) que atende os clientes da empresa. 2. Profissional que cumpre a tarefa de atendimento. 3. Ato de atender a um cliente, ou seja, trabalhar de forma permanente e regular para ele.
ATINGIMENTO Neologismo criado pelos profissionais de marketing e comunicação. 1. Ato de atingir um consumidor através de mensagem publicitária. 2. Região geográfica ou segmento de consumidores cobertos por um meio ou veículo de comunicação.
AUDIÊNCIA Pessoas atingidas pelos veículos de comunicação. Termo aplicado tanto para definir as pessoas que ouvem determinada emissora de rádio como as que assistem a determinado canal de televisão ou lêem determinado título de jornal ou revista.
Audiência Pessoas atingidas pelos veículos de comunicação. Termo aplicado tantopara definir as pessoas que ouvem determinada emissora de rádio como as que assistem adeterminado canal de televisão ou lêem determinado título de jornal ou revista.Divide-se em diversos tipos: AUDIÊNCIA ACUMULADA, AUDIÊNCIA BRUTA, AUDIÊNCIALÍQUIDA , AUDIÊNCIA MÉDIA , AUDIÊNCIA PRIMÁRIA, AUDIÊNCIA SECUNDÁRIA.
AUDIÊNCIA ACUMULADA Soma das audiências obtidas pelo emprego de diversos meios e veículos de comunicação, com o uso de diversos programas, diversas mensagens e/ou a repetição delas. Pode ser bruta ou líquida.
AUDIÊNCIA BRUTA Somatória de todas as audiências obtidas, sem descontar as duplicações.
AUDIÊNCIA LÍQUIDA Volume total de audiência obtida, descontadas as duplicações. Soma dos que viram, ouviram ou leram a mensagem no mínimo uma vez, contando apenas uma vez cada pessoa.
AUDIÊNCIA MÉDIA 1. Volume habitual de audiência de um veículo. 2. Média das audiências obtidas com o emprego de diversos veículos de comunicação ou programas.
AUDIÊNCIA PRIMÁRIA Audiência obtida prioritariamente por um veículo de comunicação (ou programa); como, por exemplo, as crianças em um programa infantil, os assinantes de uma revista, os compradores de um jornal, etc.
AUDIÊNCIA SECUNDÁRIA Audiência obtida entre pessoas às quais o veículo (ou programa) não é destinado; como, por exemplo, os adultos em um programa infantil e as pessoas que pedem emprestado uma revista ou um jornal.
AUTORIZAÇÃO Documento entregue pela agência ou anunciante autorizando a veiculação de mensagem publicitária em um veículo de comunicação.
AVALIAÇÃO Na área de mídia, tanto pode ser o trabalho inicial de análise do que as marcas concorrentes estão fazendo em termos de propaganda, como o estudo da melhor alternativa (plano) de mídia a ser empregada, ou a comparação entre os objetivos definidos e os resultados efetivamente alcançados.
AWARENESS 1. Conjuntos de marcas citadas espontaneamente pelos nossos consumidores, quando perguntados sobre quais marcas de determinada categoria de produto conseguem lembrar. 2. Conhecimento espontâneo, normalmente associado a marcas ou anúncios. Veja: Share of mind, Top of mind. Nível de conhecimento, lembrança espontânea, de determinado produto, serviço, propaganda etc. que tem como base de cálculo o total das marcas citadas em primeiro lugar. Percentual de participação da marca na mente do consumidor. Top of mind: Marca de produto ou serviço mais lembrado ou conhecido entre todas as marcas citadas espontaneamente. O mais citado pelo consumidor, ou seja, o primeiro lugar na mente do entrevistador. Os grupos se excluem mutuamente e são relativamente homogêneos.